Endogamia e Viciação

Colega,
 
hoje, no jornal Público, o Presidente da Direção do SNESup trata da questão da endogamia académica, focando as questões de clientelismo e nepotismo.
 
O jornal desenvolve o tema num conjunto de reportagens que procuram ilustrar a situação, sendo que é também dada atenção no Editorial do Diretor, Manuel Carvalho.
 
A questão dos concursos viciados contínua a ser das mais prementes de resolver, sendo que, tal como é referido no artigo de opinião, chegam regularmente ao SNESup queixas e denúncias, muitas das quais anónimas.
 
Se a democracia e a transparência não singram nas nossas universidades, dificilmente poderão fazer o seu caminho na sociedade portuguesa. Cabe-nos por isso uma responsabilidade particular em resolver este problema.
 
É conveniente perceber que um dos sintomas da falta de qualidade da democracia é o medo e ele está bem presente quando alguém se procura esconder sob o anonimato. O remédio passa por assumir a frontalidade. É que as atitudes também libertam.
 
O SNESup renova a sua disponibilidade para agir sobre os concursos por fotografia, sendo que as denúncias podem ser realizadas até por resposta a este email.
 
Renovamos por isso o convite aos colegas para nos exporem situações de clientelismo e endogamia, aos quais procuremos dar seguimento.
 
Obviamente que a denúncia não chega e precisamos de uma ação mais eficaz dos reguladores, porque não pode continuar a arquivar-se sucessivamente casos de abuso dos dirigentes ao abrigo da autonomia universitária. 
 
A autonomia não serve para criar um regime de inimputabilidade criminal e de intimidação e abuso laboral. Esses abusos são eles próprios uma ameaça ao Conhecimento e à autonomia de ensinar e investigar.
 
O SNESup está apostado em que o Ensino Superior e Ciência possa ser um espaço de liberdade. Ora, esse espaço é construído pela ação de cada um de nós. Esperamos por isso que as melhores práticas não sejam apenas discursos ocos e vazios, mas sim a realidade das ações concretas.
 
Contamos consigo neste gigantesca tarefa.
 
#éparacumprir


Saudações Académicas e Sindicais
A Direção do SNESup
 
24 de abril de 2019

© copyright SNESup | Todos os direitos reservados

 
visitas