Seminário Interacções entre Leigos, Peritos e Decisores Políticos

Seminário "Interacções entre leigos, peritos e decisores políticos"
Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa
29 - 30 de Novembro

A finalidade deste seminário é discutir enquadramentos teóricos e apresentar estudos de caso relativos à interacção entre peritos (geralmente cientistas, engenheiros, médicos) e o público leigo, bem como os decisores políticos. A omnipresença da ciência e da tecnologia na vida contemporânea, em associação com reivindicações de participação na tomada de decisão, requer uma crescente comunicação entre peritos e leigos. Os especialistas precisam de transmitir informação ao público respeitante a resultados de investigação, conhecimento científico, avaliações de risco e de impacto, mas também é necessário que o público transmita aos especialistas as suas preocupações, opiniões e conhecimento leigo (lay knowledge).

Há múltiplas instâncias nas quais peritos e leigos se cruzam, tais como riscos ambientais, problemas de saúde, controvérsias técnico-científicas, a adopção de novas tecnologias, iniciativas de promoção da cultura científica. Em alguns casos peritos e leigos são aliados, noutros adversários. Há também geralmente diferentes especialistas e diferentes públicos envolvidos nos casos.

A intervenção política nestes domínios exige frequentemente tanto o parecer de peritos como a consulta a um público mais alargado. Mas a forma como os decisores políticos concebem e incluem na tomada de decisão os contributos da ciência e da sociedade é bastante diversificada. Esta diversidade pode ter implicações substanciais no sucesso ou insucesso das políticas públicas e, por sua vez, na aceitação da mudança de práticas.

Organização: Ana Delicado & Mónica Truninger

© copyright SNESup | Todos os direitos reservados

 
visitas