Imprensa Sindical

 Informação aos Associados Março de 2003 - Segunda Quinzena

 

 

REVISÃO DOS ESTATUTOS DE CARREIRA

 

A proposta sobre revisão dos Estatutos de Carreira que colocámos à consideração dos associados para a Assembleia Geral descentralizada de 10 de Abril reafirma, no essencial, as linhas mestras da proposta aprovada há quase dois anos 

- criação de quadros de dotação global, com vista ao desbloqueamento da progressão nas carreiras;

- consolidação dos vínculos laborais, reduzindo a precariedade;

- mais tempo para a realização de investigação.

Dado que o texto sobre "Princípios Orientadores" divulgado pelo MCES não acolhe nenhuma destas linhas, e é preocupante em relação a alguns outros aspectos, consideramos necessário pedir a todos os associados que participem na Assembleia Geral com o seu voto.

 

Quanto mais expressiva for a votação, mais reforçada sairá a capacidade negocial do Sindicato.

 

 

 

DOCENTES DO ISCTE APELAM A ALARGAMENTO DA LUTA

 

O anúncio pelo MCES da intenção de reduzir o numeri clausi da admissão de candidatos para as escolas superiores públicas de Lisboa e Porto, vem preocupando muitos colegas e alguns órgãos de gestão.

 

O Senhor Ministro da Ciência e do Ensino Superior, conforme oportunamente relatámos, filia esta orientação na necessidade de reduzir custos, o que significa, nas condições que todos conhecemos, redução de emprego docente, emprego qualificado.

 

No ISCTE, ao qual pretendem impor uma redução efectiva do número de candidatos, uma vez que as vagas abertas têm sido sempre preenchidas, foram já convocadas pelos delegados sindicais do SNESup duas reuniões de docentes, tendo sido criada uma comissão que, entre outras incumbências tem a de organizar o apoio de docentes de outras escolas à luta pela autonomia, pelo fim do numerus clausus, por um financiamento adequado, contra a precaridade das relações laborais

 

Pedimos aos colegas de outras escolas que contactem os delegados sindicais do SNESup no ISCTE

 

António Pedro Dores apad@iscte.pt

 

André Freire andre.freire@iscte.pt

 

 

 

FEUC VAI TER PLENÁRIO DE DOCENTES

 

Os delegados sindicais do SNESup na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (FEUC) decidiram agendar, para a semana que começa a 7 de Abril, um plenário para reagir à proposta de redução dos numeri clausi e aos princípios que nortearão a eventual revisão dos Estatutos de Carreira, questões que se enquadram na linha de preocupações focada na notícia anterior

 

 

 

REUNIÕES NAS ESCOLAS DO I. P. SANTARÉM

 

Convocadas pelo Delegado Regional do SNESup, colega Fernando Gaspar, vão-se realizar reuniões em todas as escolas do Instituto Politécnico de Santarém, para debate das iniciativas que vêm sendo anunciadas em relação ao ensino superior e eleição de delegados sindicais onde ainda não existem.

 

 

 

CONGRESSO DO ENSINO SUPERIOR EM PERSPECTIVA

 

O SNESup tem vindo a realizar contactos com várias entidades no sentido de suscitar apoios para a possibilidade de realização de um Congresso do Ensino Superior para debate de todas as iniciativas legislativas que vêm sendo anunciadas pelo XV Governo Constitucional.

 

 

 

CONSELHO NACIONAL DO SNESUP REUNE

 

O Conselho Nacional do SNESup, ao qual, estatutariamente, cabe autorizar a assinatura de quaisquer acordos que seja possível celebrar no âmbito do processo negocial que terá lugar a parte do próximo mês de Maio, reuniu no passado dia 22 de Março em Lisboa e voltará a reunir no próximo dia 12 de Abril em Coimbra.

 

Em agenda estão a revisão do Regulamento do próprio Conselho Nacional, a votação do Relatório e Contas de 2002, e o calendário das eleições para os órgãos nacionais do SNESup. Serão também trocadas informações sobre os processos de discussão e mobilização já em curso em algumas escolas, que se pretende sejam progressivamente alargados.

 

 

 Imprensa Sindical